ÁREA ESCOLA
Contos Tradicionais
Jogos e Atividades
Curiosidades

 

 

 

Sala

  • No Inverno, aproveite a radiação solar para aquecer a casa. No Verão, evite a entrada de raios solares directos.
  • Pinte a sua casa com cores claras. Assim permite que a luz seja reflectida.
  • Reduzir a intensidade do ar condicionado em 1º grau Celsius representa 10% de poupança energética.
  • Para limpeza da sua casa utilize panos reutilizáveis. Produzirá assim menos resíduos e beneficiará o ambiente.
  • Já viu as etiquetas dos produtos de higiene que usa? Existem produtos ecológicos e  biodegradáveis. Procure o Rótulo Ecológico. A flor indica que o produto é amigo do ambiente.
  • Não deixe os equipamentos em stand by: desligue-os no botão para não gastar energia desnecessariamente.                                                                                                                             

 

  • Quarto
  • Opte por computadores portáteis porque são energeticamente mais eficientes podendo reduzir o consumo de energia até 90%, comparativamente com o computador tradicional.
  • Veja a publicidade com olhos críticos. O consumo estimulado por ela não é sustentável, agride o planeta e atrapalha o seu poder de decisão criando falsas necessidades.
  • Não ligue muitos aparelhos à mesma ficha. Pode causar um incêndio.
  • Substitua as lâmpadas incandescentes por lâmpadas economizadoras e obtenha a mesma luz por menos 80% de energia. As lâmpadas economizadoras têm, em média, um período de vida útil 5 vezes superior às lâmpadas incandescentes.
  • Tente manter as lâmpadas e os globos ou protectores de lâmpadas bem limpos para que a energia gasta seja aproveitada na totalidade. As lâmpadas limpas gastam menos energia.
  • Escolha tintas ecológicas para pintar o quarto. Evita assim problemas de alergias.
  • Não mantenha o carregador na tomada depois do aparelho estar carregado.
  • Promova a ventilação em cada divisão para melhorar a qualidade do ar interior e evitar odores e concentração de vírus e bactérias.

  

 

Escritório

 

  • Evite imprimir. Ao reduzir o seu número de impressões, não só está a evitar o consumo de papel e tintas utilizadas, como está a evitar o consumo de energia necessária à impressão.
  • Reutilize o seu tinteiro para a impressora, estima-se que um tinteiro levará cerca de 300 anos a dissipar-se por completo no ambiente.
  • Utilize pilhas recarregáveis, têm um período de vida mais longo.
  • Baterias e pilhas contêm substâncias tóxicas para o meio ambiente e não devem depositadas no lixo. Organize a  recolha selectiva deste material e encaminhe-o para a reciclagem.
  • A reciclagem de uma tonelada de cartão evita o abate de cerca de 15 a 20 árvores.
  • A reciclagem de 5 garrafas de água permite a produção de fibra (poliéster) suficiente para fabricar uma t-shirt de tamanho XL.

 

Cozinha

 

  • Compre equipamentos que apresentem a melhor eficiência energética (classe A, A+ ou A++).  Assim, além de estar a poupar na conta da electricidade ao fim do mês, está também a ajudar o Ambiente.
  • Utilize as máquinas de lavar roupa e loiça sempre com a carga completa: poupe água, energia e tempo.
  • Evite abrir desnecessariamente a porta do frigorífico e feche-a o mais rápido possível: não consuma electricidade que não precisa. Sempre que o abrir, está a consumir energia.
  • Se os alimentos que estão no frigorífico estiverem gelados, o botão está regulado para temperaturas demasiado baixas. Para poupar energia, aumente ligeiramente a temperatura.
  • Para diminuir a sua factura de energia, opte pela tarifa bi-horária.
  • Os pacotes de leite e outras embalagens de cartão para alimentos líquidos devem ser colocados no ecoponto amarelo, de forma a evitar a contaminação de outros resíduos do ecoponto azul
  • Se surgirem chamas numa frigideira, tape-a com uma tampa, um prato ou uma toalha apenas ligeiramente humedecida. Nunca use água.
  • Dê preferência a recipientes de cerâmica ou vidro quando cozinhar no forno, porque permitem baixar a temperatura necessária ao cozinhado em cerca de 25ºC.
  • Aproveite toda a energia natural que puder. Evite perdas de calor e infiltrações, através do isolamento eficaz de portas, janelas, paredes, tecto e pavimento. Assim, reduza utilização de sistemas de climatização (ar condicionado, aquecedores, etc.).
  • Recicle sempre os seus resíduos. O papel no ecoponto azul, o vidro no ecoponto verde e o plástico e o metal no ecoponto amarelo.

 

 

 

 

 

Lavandaria

 

  • Junte a maior quantidade de roupa possível e passe-a de uma só vez; Evite usar o ferro de passar quando muitos electrodomésticos estiverem ligados, para evitar uma sobrecarga na rede eléctrica.
  • Utilize, sempre que possível, programas de baixa temperatura nas máquinas de lavar roupa e loiça.
  • Utilize o microondas para aquecer e cozinhar apenas pequenas quantidades de comida. Quanto maior for a quantidade de comida aquecida, mais energia será gasta.
  • Ao utilizar fogões a gás, acenda primeiro o fósforo e só depois ligue o gás;
  • O alumínio é extraído de um mineral presente na natureza que se designa por bauxite, através de um processo bastante dispendioso, do ponto de vista energético. Ao reciclar uma lata de alumínio, poupa-se energia suficiente para que uma televisão esteja ligada durante 3 horas.

 

 

 WC

  • Coloque  uma garrafa de 1,5l cheia de água no autoclismo. Em 10 descargas poupa 15 litros de água potável.
  • Tenha sempre muita atenção com as perdas de água nas torneiras e na sanita. Um simples fio de água a correr pode significar um desperdício de 500 litros de água por dia.
  • Não deite na sanita pedaços de algodão ou toalhitas. Deite‑os no caixote do lixo, que é o local mais correcto.
  • Tenha em atenção o papel higiénico que usa. Opte pelo papel higiénico que foi fabricado a partir da reciclagem do papel/cartão e que não tenha sido branqueado com cloro.
  • Evite banhos demorados. Quando se estiver a ensaboar, desligue o chuveiro. Num banho de imersão gasta cerca de 180 litros. Num duche, se demorar apenas 5 minutos, gasta apenas 60 litros.
  • Sempre que lavar os dentes não se esqueça de fechar a torneira. Afinal não precisa de água enquanto esfrega os seus dentes.
  • Instale torneiras com temporizadores. Assim poupa água.
  • Uma torneira a pingar, de 5 em 5 segundos, perde 3 litros de água ao fim de 24 horas, o que corresponde a mais de 1000 litros de água por ano. Verifique as torneiras e repare as fugas de água.
  • Ao lavar o rosto num minuto, com a torneira meio aberta, gastam-se 2,5 litros de água. A dica é não demorar.
    O mesmo vale para o barbear. Em 5 minutos gastam-se 12 litros de água. Economizando o consumo decresce para 2 a 3 litros.

 

 

Exterior

  • Lavar o carro durante 30 minutos com a torneira aberta consome cerca de 216 a 560 litros de água por lavagem. Usando um balde de 10 litros para molhar o carro e mais 3 baldes para enxaguar, o consumo diminui para 40 litros por lavagem, o que se torna uma economia significativa.
  • Coloque detectores de movimento no exterior da sua casa para activar as luzes. Isso ajudará a economizar energia e aumentará o tempo de vida das lâmpadas.
  • Se puder, instale painéis solares para aquecer a água. A longo prazo, poupará energia e dinheiro.
  • Reciclar é preciso. Só para ter uma ideia, uma lata de alumínio pode levar 100 anos para se degradar. Já parou para pensar na quantidade de lixo produzido diariamente? Separe o seu lixo (vidros, papéis, plásticos, metais) e veja na sua cidade pontos de reciclagem. Escorra e espalme as embalagens antes de as colocar no ecoponto.
  • O vidro pode ser reciclado indefinidamente. Portanto, uma simples garrafa deste material, pode ter “vida eterna”, desde que seja colocado no ecoponto verde.
  • Prefira tapetes à entrada da porta que possam ser lavados e faça-o frequentemente e sem os misturar com a restante roupa.

 

 

Jardim

  • Reutilize a água sempre que possível. A água da chuva, por exemplo, pode ser utilizada para limpeza em geral e para regar plantas.
  • Para molhar as plantas, use um regador ou mangueira com esguicho tipo revólver.
  • Nunca use água para varrer a calçada ou o quintal. Utilize a vassoura. Se lavar a calçada ou o quintal com a torneira aberta por 15 minutos, consumirá cerca de 280 litros de água.
  • Aproveite as plantas espontâneas que nascem na horta ou jardim: beldroegas, hortelã, salsa, camomila, dente-de-leão. Use-as em saladas ou em infusões.
  • Ajude a recuperar o verde da sua cidade. Plante árvores no seu quintal, na sua propriedade rural e até mesmo em áreas públicas.
  • Não entupa as suas plantas com adubos químicos. Em sua substituição, use restos de alimentos, que funcionam como fertilizantes orgânicos. Casca de ovo, de frutas e restos de legumes crus são alguns exemplos bem eficazes.
  • Minimize a utilização de herbicidas e insecticidas. Podem matar muitos animais e plantas, sobretudo se escorrerem para os lagos e os cursos de água. Há muitas alternativas compatíveis com a fauna e a flora.
  • Poupe água, deixando a relva crescer um pouco mais. Ao deixar a relva crescer mais,   favorece o crescimento das raízes e permite a sua renovação.
  • Proceda à rega das suas plantas de manhã cedo ou ao cair da noite. Nessa altura, a evaporação da água causada pelo Sol é menor, pelo que poupará este recurso.
Cartazes